Resenha:O Inimigo Secreto

Um comentário: | |

Título:O Inimigo Secreto
Autor:Agatha Christie
Ano:1987
Editora:Círculo do Livro


Sinopse:

Inicialmente desempregados e sedentos de viver grandes aventuras, o casal de amigos Tommy e Tuppence se envolve na busca de Jane Finn, uma garota desaparecida após o naufrágio de um navio de passageiros durante a primeira guerra mundial. A garota está de posse de um importante documento que, terminada a guerra, apresenta informações comprometedoras para a Inglaterra e os países aliados. Assim, não somente o governo, mas também um grupo de revolucionários quer ficar com a posse dos tais documentos, com o intuito de utilizar as informações em uma importante greve geral que estão organizando.
Raptos, perseguições, assassinatos, enganos fazem com que Tommy e Tuppence não possam reclamar de falta de ação neste primeiro caso que conseguem destrinchar.


"Mas acontece que eu jamais seria apanhada. Sou inteligente demais para deixar que me apanhem."


Opiniões da blogueira:

Sou super suspeita para falar dos livros da Agatha,mas uma coisa bem curiosa é que eu geralmente não curto muito os livros com Tommy e Tuppence,dos três livros que li com eles,esse foi o primeiro que ganhou meu coração rs,mas vamos para a resenha.
Aqui vemos o início de toda a história dos nossos dois detetives,inicialmente Tommy e Tuppence se reencontram depois de anos quando Tommy servia ao exército e foi ferido em combate,voltando para o hospital onde a independente e extrovertida Tuppence trabalhava.Desempregados,os dois se juntam para formarem os Jovens Aventureiros LTDA,onde topam qualquer aventura por uma quantia significativa em dinheiro,porém,eles não contavam com um mistério que intriga até mesmo os mais importantes detetives da Scottland Yard,onde nem todos são quem parecem ser e há perigo em toda parte.Esse mistério é o desaparecimento da jovem Jane Finn,após o naufrágio do navio em que ela se encontrava,a jovem se torna importante pois carregava com ela documentos com informações comprometedoras.
Nesse livro você vai encontrar ação,suspense,e vai desconfiar de basicamente todas as personagens até o último capítulo,onde o assassino se revela.O mais interessante para mim foi que a narrativa prendeu,ela te faz questionar,descobrir e te dá todas as pistas para descobrir o culpado,mas como em basicamente todo livro da Agatha você não vai conseguir saber quem é,até que ele/ela seja desmascarado.Gostei muito do jeito como a Tuppence se atreveu e conseguiu perceber muita coisa,mas foi Tommy quem deu o xeque mate e encurralou o assassino de vez.Enfim,é um livro ótimo e eu recomendo muito a leitura.

"A ansiedade quase imperceptível na voz dele não escapou aos ouvidos atentos da srta. Prudence Cowley, conhecida pelos amigos íntimos, por alguma razão misteriosa, como “Tuppence"


Onde achar?

-Estante Virtual--R$13,90
-Ler online e de graça-Le Livros

Bem,é isso,espero que tenham gostado e que leiam :D
E aí você já leu? Gostou?Conta tudo
Beijos ^.^

Relatos de um coração

6 comentários: | |
Ela sentiu a brisa no rosto e se deixou chorar,talvez para tentar tirar de si a dor que estava sufocando no peito.Mas essa pequena menina não entendia que somente a passagem do tempo poderia curá-la e remontar os fragmentos que se desprenderam do lugar.


Hoje,quando ela olha para o céu,sem esperança e sem vontade,deseja que por um milagre tudo que ela sente vire pó e que o vento sopre para longe suas angústias.E nesse imenso azul,tudo parece tão pequeno,qualquer problema insignificante,mas ela sente o peso que massacra,e por um instante se permite ter medo do futuro incerto.
O pior dessa dor,ela me diz,é que não é do tipo que o médico cura com um remédio qualquer,é uma chuva torrencial no psicológico que faz a cabeça doer,e uma sensação incansável de que algo está fora do lugar e corrói,dói mais do que se cortar ou cair,é uma dor que parece não ter nenhuma cura.
É como estar preso de ponta cabeças sentindo tudo se esvair,é como perder os sentidos involuntariamente por repetidas vezes e estar em negação consigo mesmo.
Há quem diga à ela que isso passará,mais cedo ou mais tarde,há quem nem saiba o que ela sente,porque não entende o que é se sentir assim,e,enquanto isso,ela se fecha cada dia mais,vai reduzindo os sorrisos e as vontades,vai deixando de se expressar,pelo simples motivo de não se sentir tão presente e necessária,mas mal sabe ela que aquele sorriso faz o dia de alguém melhor.
E ela me diz que espera ansiosamente pelo dia em que conseguirá se curar,quando o peito vai parar de doer e a sensação de plenitude voltará.E eu prometo a ela que durante todo esse tempo ruim ainda haverá um sol,sempre haverá uma luz,e se ela não acreditar eu provo,que não importa quantas vezes a tempestade se instale,no final o arco-íris vai chegar.

Top Secret:As escritas que não mostrei a ninguém

4 comentários: | |

Escrevo há alguns anos,mas nem sempre publico o que escrevo,muitas vezes eu guardo para mim,seja para reescrever,seja porque não me lembro de postar rs,então hoje separei algumas das minhas escritas que ninguém(ou quase ninguém) viu,espero que gostem :D


O que eu vejo quando olho para você?

Imagem relacionada
Acho que você sempre se pergunta ou alguma vez deve ter se perguntado o que eu vejo quando olho para você,o que me faz te enxergar diferente das outras pessoas,o que te faz único aos meus olhos,talvez eu não consiga explicar com clareza,ou não consiga descrever tudo,mas...
Eu enxergo sua força,num simples piscar de olhos eu compreendo você,enxergo mais do que o seu sorriso mostra,eu vejo a sua alma multicolorida brilhar e me iluminar.
Eu vejo seu olhar apaixonado que encara como se pudesse se fundir ao meu coração,sinto seus medos e descrenças,mas enxergo sua esperança inabalável no amor e nos frutos que este pode dar.
Te vejo e olho com outros olhos porque me faz te enxergar além,e eu me sinto transbordar em você e em tudo que eu vejo quando olho para você.


Sem título

Resultado de imagem para garota tumblr
Há tanto mais a se ver,tantos caminhos a se descobrir,tanta vida lá fora enquanto você está trancada aí dentro com medo de tudo e de nada.Há tanto para fazer seu olho brilhar,tantas histórias para te arrancar sorrisos,você só precisa se permitir e sair de fininho da bolha que te cercou.
E eu estarei aqui,esperando do outro lado da porta,sem promessas,pois elas se quebram,sem nada além de mim mesmo,pura e simplesmente a esperar seu coração se libertar;estarei aqui,para segurar a sua mão e não soltar,para ser o seu porto seguro na manhã de inverno,quando sentir que tudo está inverso,eu estarei aqui.


Definições

Resultado de imagem para garota tumblr
E eu que sou toda errada
Que nem mesmo sei me entender
Pareço até a contramão da estrada
Ou aquele sinal de inverter
Eu que tantas vezes falhei
E tudo que conseguia era gritar
Aprendi a entender
Aprendi a esperar
Eu que via o mundo dando certo
Enquanto eu estagnava
Calei o pensamento
E o coração acalmava
Eu que sou toda errada
Toda torta,toda bagunçada
Ainda encontro seu sorriso no final do dia
Você,que ainda fica


Poetizar

Resultado de imagem para poesia
Sou as palavras desenhadas no papel
E escrita itinerante
O verbo,a consoante
Os resquícios do verão
Sou a prosa,a poesia
Sou o ritmo,a batida
Sou o derramar de um coração
Sou o todo,a fala
Dizeres de graça
Sou escória do que um dia foi declaração
E nas andanças
Sou a esperança
De que sempre haverá amanhã


Como eu me encaixo em você?

Resultado de imagem para casal tumblr
Desse jeito meio torto,meio errado,eu me encaixo em você,nossas mãos se unem na mesma melodia daquela playlist que não conseguimos esquecer,e tudo aquilo que reluz a nossa volta é parte do amor que não vai perecer.
Me encaixo nas suas manias loucas e nos sonhos a longo prazo,nos sorrisos soltos e até na falta de palavras,porque me encaixo não só de corpo,mas de alma.

Bem,essas são algumas das minhas escritas,espero que tenham gostado.E aí qual a sua preferida?
Beijos ^.^

Resenha:Alerta de Risco

8 comentários: | |

Título:Alerta de Risco
Autor:Neil Gaiman
Ano:2016
Editora:Intrínseca

"Estamos todos usando máscaras.É isso que nos torna interessantes."

Sinopse:
É com palavras assim que Neil Gaiman apresenta Alerta de risco, uma rica coletânea de histórias de terror e de fantasmas, ficção científica e conto de fadas, fábula e poesia que exploram o poder da imaginação.
Em História de aventura, Gaiman pondera sobre a morte e sobre como, ao morrer, as pessoas levam consigo suas histórias. No suspense Caso de morte e mel, ele nos presenteia com sua versão do mundo de Sherlock Holmes. Em A Bela e a Adormecida, duas conhecidas personagens de contos de fadas têm suas histórias entrelaçadas em uma releitura bastante original. Hora nenhuma é um conto muito especial sobre Doctor Who, escrita para o quinquagésimo aniversário da série de tevê, em 2013. E há também um conto escrito exclusivamente para esta coletânea: Cão negro, que revisita o mundo de Deuses americanos ao narrar um episódio que envolve Shadow Moon em um bar durante seu retorno aos Estados Unidos.
Um escritor sofisticado cujo gênio criativo não tem paralelos, Gaiman hipnotiza com sua alquimia literária e nos transporta para as profundezas de uma terra desconhecida em que o fantástico se torna real e o cotidiano resplandece. Repleto de estranheza e terror, surpresa e diversão, Alerta de risco é um tesouro que conquista a mente e agita o coração do leitor.
"Você tem vontade de arrancar tudo aquilo dela,arremessar no rio para os meninos de rua,que encontrem ou percam.Porém,em vez disso, você deixa a proteção do toldo armado,e a água da chuva corre pelo seu rosto como as lágrimas de outra pessoa."

Opiniões da blogueira:
Li esse livro no final do ano passado,mas como ele não foi um dos meus preferidos eu acabei deixando para fazer uma resenha depois e só agora é que eu consegui.Mas,vamos falar um pouquinho sobre o livro e depois passamos aos motivos que me levaram a não favoritar.
São vários contos que mexem com a sua imaginação,fantasiosos,macabros ou inexplicáveis são algumas características que você vai encontrar nesse livro.A escrita de Gaiman é simples e muito bem explicada,cada conto termina de uma forma diferente e tem enredos muito bons.São 24 contos divididos de forma aleatória e modelos distintos.
Os melhores contos para mim são Hora Nenhum e Minha Última Senhoria,além de um pequeno trecho na introdução do livro chamado Sombreador,veja o trecho:
"É impossível se esconder de um Sombreador.Eles estavam ali primeiro.É impossível correr de um Sombreador.Eles nos espera no fim da nossa jornada.É impossível lutar contra um Sombreador,pois eles são pacientes e se demoram até o último dos dias,o dia em que o espírito de combate já não está mais com você,o dia em que cansou de lutar,o dia em que o último golpe foi desferido,a última facada foi dada,a última palavra cruel foi dita.Então,e só então,um Sombreador sai do seu esconderijo.
Eles não comem nada que não esteja pronto para se devorado.Olhe pra trás agora."

-Hora Nenhuma:Se você é fã de Doctor Who vai gostar bastante desse conto,temos o Doutor e a Amy lutando contra um inimigo que precisa da pergunta "Que horas são?" e a responde de maneira sinistra,tentando tomar a Terra e destruir seus habitantes.
-Minha Última Senhoria:Um conto muito macabro tendo a narrativa de um homem que se hospeda em uma espécie de pousada,tendo uma Senhoria nada convencional,o final vai te surpreender e tirar o fôlego.
Meu único receio,para não ter dado os 5 corações,foi o fato de que alguns contos ficaram meio bagunçados para mim,com histórias que não me prenderam,mas,isso é comigo e reconheço que todos os contos tem suas personalidades e não me arrependi de ler nenhum deles.
Então,leiam,tirem suas próprias conclusões,e se encantem(tenham medo também haha) com os contos de Neil Gaiman.
"Sozinho,para sempre,naquele momento,esperando o Tempo começar."


Onde achar?
Bem,é isso galerinha,espero que tenham gostado de que leiam :D
E você?Já leu?Gostou? Me conta tudo
Beijos ^.^

Ato de escrita

16 comentários: | |
Texto feito por Jessica Aguillar

Eu sei que deveria escrever,mas não é tão fácil quanto parece,às vezes acho que as palavras ficam num mundo paralelo e teimam em se esconder justo quando mais precisamos,sabe quando você quer escrever?!Então,é quando elas somem.
Cansei de escrever banalidades,mas talvez seja isso que eu devo escrever,sobre a chuva,a tristeza,os sorrisos não dados,as coisas não ditas,talvez isso deve ser escrito por alguém que seja eu.
Às vezes,raras vezes,as palavras certas aparecem,e fazemos aquele que achamos ser o melhor texto do mundo,mas não vá achando que é tudo uma maravilha e assim se encerra a narrativa,depois de um dia ou dois você relê seu texto e nada mais parece ter sentido,é nesse momento que você desiste.
Desiste porque sabe que nunca vai ser capaz de escrever algo realmente bom,sabe que nada vai dar certo,que você nunca vai ser como seu autor preferido,que nada serve,mas ainda não rasga todos os seus textos,porque talvez exista algo maravilhoso se juntarmos alguns.Não! Não dá certo,nenhum texto se encaixa perfeitamente,então você desiste novamente.
E é só aí que você senta,pega o papel e caneta e volta a escrever,porque isso não sai de você,mesmo desistindo inúmeras vezes,você sempre volta.Assim você escreve.É isso o que sai daquelas tentativas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger
Edição e Design: Jennyfer Aguillar || Todos os direitos reservados © 2016